Ideia Ampla | por Paulinha Dias: Tenda dos Milagres - Jorge Amado

Tenda dos Milagres - Jorge Amado



Sinopse - Publicado em 1969, traduzido para dez idiomas e adaptado para o cinema e a TV, o livro Tenda dos Milagres é um grito contra o preconceito racial e religioso, um canto à miscigenação e ao sincretismo tão marcantes na obra do escritor Jorge Amado. É a história de Pedro Archanjo, um mulato de muitos amores - alguns contidos em nome da amizade -, que documentou a cultura popular e provou a ascendência negra da aristocracia baiana do início do século XX. A história de do herói pobre, boêmio e erudito, que assumiu o preço de colocar o dedo na ferida dos inimigos da mestiçagem.

Resenha- Tenda dos Milagres é uma verdadeira obra prima do autor Jorge Amado, que com uma escrita irreverente aborda temas que eram polêmicos no século passado e até mesmo em nossa atualidade. Pedro Archanjo o nosso protagonista é um homem a frente de seu tempo e mesmo não tendo conseguido frequentar uma boa escola, não ficou indiferente ao conhecimento. 

Na tenda dos milagres, seu amigo Lídio riscava milagres e no mesmo ambiente Pedro e amigos promoviam a cultura baiana, discutiam assuntos, cantavam e dançavam para os orixás quando não podiam ir ao terreiro; com o tempo Lídio comprou uma maquina de tipografia e começou a publicar os livros de Pedro Archanjo. 

Pedro Archanjo era um herói diferente dos que estamos acostumados, pobre, negro, mulherengo e filho de orixá, que com sua força de vontade e determinação contribuiu com a antropologia e etimologia, sendo reconhecido através de seus livros internacionalmente. 

Esse homem baiano arretado descrito por Jorge Amado, pareceu-me muito real. “Vai saber se deveras existiu? 

"Sou baiana, mas essa Bahia retratada por Jorge me é indiferente, isso se deve ao fato de morar no interior e não conhecer a capital. 

O livro se inicia como o resultado de uma pesquisa de Fausto aproximadamente cem anos após a morte de Pedro Archanjo, os personagens são inesquecíveis e de certa forma uma caricatura das pessoas que compõe essa sociedade dita civilizada. 

Tenda dos Milagres, não foi um livro que me cativou em sua primeiras páginas, contudo no decorrer da leitura, tornou-se agradável e com uma infinidades de informações. Se o objetivo do autor era romper com os paradigmas imposto pela sociedade preconceituosa e racista, tenho convicção que quem ler esse livro passa a ver a cultura, religião e a cor da pele de uma pessoa com outros olhos. 

Para pessoas que não gostam de livros com esse estilo só tenho a dizer uma coisa: 

-Vale a pena qualquer esforço, esse livro é uma leitura que todos nós precisamos fazer nem que seja uma vez na vida.

Comentários do facebook
1 Comentários do Blogger

Um comentário:

  1. Olá!
    Parabéns pela resenha!
    Tenho um livro de JA aqui em casa mas ainda não li nada D: Ok, me sinto uma pessoa sem cultura por causa disso! Vou marcar esse como desejado no meu skoob!

    Hugs literary!
    Natalia.
    http://musicaselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *