Ideia Ampla | por Paulinha Dias: Os Principais Tipos de Redação

Os Principais Tipos de Redação



O que é redação - Conjunto de palavras que tem como objetivo formar um sentido, transmitindo uma idéia, descrevendo uma situação ou narrando um fato.

Quais são os principais tipos de redação - Os principais tipos de redação são: narração, descrição e dissertação.
  • Narração- Como o próprio nome pressupõe, narrar é contar algo, relatar um episodio ou fato, normalmente em uma narração a sempre a presença de um narrador.
Um texto para ser classificado como narrativo deve responder há uma serie de perguntas.

O que?Acontecimento a ser narrado;
Quem? A personagem principal(protagonista);
Quem? O antagonista;
Como? A maneira como se desenrolou o acontecimento;
Quando? O tempo da ação;
Onde? O local do acontecimento;
Por quê? A razão do fato;
Por isso - O resultado ou conseqüência.
A Narração pode ser feita de três formas:

Discurso Direto- É as falas do personagem, podemos identificá-las com a precedência de dois pontos e inicia-se após um travessão.
Ex:. Marta fixou profundamente os olhos de Diogo e disse:
- Não podemos continuar desse jeito, a reforma tem que ser feita imediatamente.

Discurso indireto- É o narrador contando o que o personagem disse.
Ex:. Marta fixou profundamente os olhos de Diogo e disse que não poderiam continuar daquele jeito, e que a reforma deveria ser feita imediatamente.

Discurso indireto livre- è uma mescla de discurso direto com o discurso indireto.
Exemplo:. Maria fixou profundamente os olhos de Diogo e disse que não poderia continuar daquele jeito:
- A reforma tem que ser feita imediatamente.
  • Descrição -  é transformar em palavras aquilo que está sendo observado. Na descrição, o ser, o objeto ou o ambiente são mais importantes, ocupando lugar de destaque na frase o substantivo e o adjetivo.
Qualidades de uma boa descrição: Uma descrição é boa quando ela é viva, animando-se a paisagem com seres viços e com a presença do homem. Além de viva, a descrição deve ser real e pormenorizada.
Descrição Denotativa- Clara, direta, sem metáforas;
Descrição Conotativa- Literária, simbólica, supra-realidade
  • Dissertação- É defender seu ponto de vista sobre um determinado assunto, expondo de maneira lógica e coesa.A dissertação um dos tipos de redação mais utilizados em vestibulares e concursos, acredito que seja pelo fato de ser como se uma apresentação dos pontos de vista do candidato que concorre a vaga.
A dissertação baseia-se em três partes fundamentais

Introdução- onde o tema é apresentado.Introdução é como se fosse a capa de um livro, se ela não é atraente, a pessoa fica desestimulada em continuar, por isso na introdução a pessoa tem que ver uma amostra do que o texto vai abordar, comparo-a com o marketing do texto.

Desenvolvimento - as principais idéias do texto são expostas e desenvolvida. Estas devem ser feitas de forma lógica e cronológica também, devem ser abordados os temas e pontos relevantes do texto, é no desenvolvimento que acontece o que gosto de chamar o confronto de ideias, porém é importante que a pessoa até mesmo no desenvolvimento não fuja muito do seu ponto de vista, pois seria muito contraditório ela falar os pontos negativos de um assunto e do nada se posicionar a favor.

Conclusão- è o posicionamento que o autor do texto tomou em relação ao tema proposto. Na conclusão deve-se ter o maximo de cuidado, pois “não importa o quanto o bolo esteja bem feito, se o recheio acabou estragando a aparência”. Conclusão é o xeque-mate de uma dissertação, se ele não for bem elaborado põe a perder todo o texto.

È importante observa-se antes de fazer uma dissertação:
a) Examinar o tema, entendê-lo e relacioná-lo a alguma situação conhecida;
b) Anotar idéias(argumentos favoráveis e contrários)que conseguir sobre o tema;
c) Decidir a posição(favorável ou contraria) que vai defender;
d) Fazer um rol do vocabulário(elenco de palavras)que se refere ao assunto;
e) Rascunhar a dissertação a partir do tema, com rápida introdução em que podem aparecer dados históricos e opiniões gerais;
f) Apresentar o texto, começando pelo mais simples, já atacando os contrários e enaltecendo os favoráveis;
g) Concluir o trabalho, à vista dos argumentos, com a posição que está defendendo.
h) Revisar o texto.

MAZZAROTTO, Luiz Fernando; CAMARGO, Davi Dias de; SOARES, Ana Maria Herrera. Manual pratico de redação. Guia pratico de língua portuguesa. São Paulo: DCL 2001.
Adaptações Ana Paula Dias Santos

Leia Também
2leep.com

Comentários do facebook
2 Comentários do Blogger

2 comentários:

  1. Ana,
    Obrigado pela visita. Dê-me a permissão de adicionar o seu blog como indicação lá no meu, por favor.
    Venha sempre e indique o blog de redação.
    Bj,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gustavo!
      Já coloquei o seu na lista dos blogs que leio.

      Um xero.

      Excluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *