Ideia Ampla | por Paulinha Dias: Gasolina

Gasolina


Titulo: Gasolina
Auotr: Júlio Menezes
ISBN: 978-85-60434-40-4
Formato: 14 x 21
Páginas: 256
Peso: 200 g
Ano de Publicação: 2008
Gênero: Literatura
Preço: R$ 20,00

Sinopse

Atormentado por uma existência vazia e um casamento arruinado, Figueira, que se considera apenas "um suburbano, vendedor de imóveis", apesar de muito bem-sucedido, decide abandonar tudo. Um anti-herói, corroído por um segredo que o acompanha desde a infância. As aventuras e desventuras vividas na estrada o levarão a desvendar o enigma de sua profunda infelicidade. Assim é Gasolina, primeiro romance de Júlio Menezes, que se valeu de seu reconhecido talento como fotógrafo, para desnudar a alma de seu personagem e dissecá-la com frieza e maestria. Um romance vigoroso, ágil, realista e cruel, que, no entanto, deixa entrever uma intensa poesia. Trata-se de um daqueles livros que nos acerta em cheio, cuja leitura lamentamos interromper. Enfim, Gasolina é um livro de muita "pegada".

Resenha
  
Quantas vezes temos a sensação de que não estamos vivendo? Com que frequência fazemos as coisas contra a nossa vontade?Costumamos a aceitamos a rotina e os abusos das outras pessoas por comodidade e medo de encarar os nossos monstros interiores, medo de encarar o nosso passado.

Viver é como ter um carro, ele só anda se as peças estiverem no lugar certo e se o tanque tiver gasolina. Quando a gasolina acaba, o carro para e fica exposto a qualquer mudança no tempo; temos que procurar um posto imediatamente para se reabastecer; antes que se perca o animo, perca o carro e nunca mais volte a encontrá-lo.


Gasolina é um livro que nos conta a história de Figueirinha, um homem casado, com filhos e um bom emprego, que aparentemente vivia uma vida perfeita; porém essa perfeição não existia, ele era um homem infeliz que a pesar de ter 45 anos ainda não viveu realmente a sua vida, “o seu carro está sem gasolina”,mas ele tem que reabastecer e continuar na estrada, tem que continuar a viver.
Figueirinha é bem diferente dos mocinhos que estamos acostumados a ver nos livros, ele  é egoísta, preconceituoso, costuma dizer a verdade e mais ainda o que a situação convém. Em um dia aparentemente comum ele abandona o trabalho, a família e resolve caí na estrada, muda o visual radicalmente, compra uma moto...e brumm!

Nessa busca por si mesmo, Figueirinha vive aventuras inesquecíveis, quase se apaixona, vai preso sofre, enfrenta seus medos mais profundos. Um homem de quase meia idade recupera o vigor e o espírito de aventura de um adolescente rebelde guiado pelos seus instintos. 
As anedotas que a vida lhe preparou nos envolve do primeiro ao ultimo capitulo.É um livro escrito com uma linguagem coloquial,      com um desenrolar sedutor, engraçado e de leitura prazerosa. 

O fato do livro ser escrito em uma linguagem que é utilizada pela massa da população, nos passa uma ideia que é um livro pesado, mas no decorrer de sua leitura se demonstra muito engraçado. P.A, Figueirinha ou Vanderlei  pode não ter muita sorte, mas depois de se meter em muita enrascada nos dá uma lição de moral.


Este livro foi uma cortesia da Editora:






Comentários do facebook
5 Comentários do Blogger

5 comentários:

  1. Oi Ana!
    O que posso dizer?UAU,quando li a sinopse já me interessei e depois da resenha tive certeza de preciso ler esse livro.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Encontrei seu blog e gostei muito. Seguindo!
    Esse livro parece muito interessante. Gostei da tua resenha!
    Beijos :)

    http://pollymomentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá,Ana!
    Conheci seu blog através de um comentário seu no blog de uma amiga.Resolvi vir conhecê-lo e adorei!Seu blog é muito bonito e suas postagens bem elaboradas.
    Quando vi esse livro no catálogo da editora,eu pirei!!Fiquei louca por ele.Infelizmente,não pude adquiri-lo.Mas,amei a resenha e consegui entender a correlação entre o nome do livro e o enredo.
    Parabéns pela caprichosa resenha.
    Já estou seguindo seu blog e curti sua página no Face.
    Te convido a visitar e seguir o meu blog,se gostar,é claro.Conte com minhas visitas e muito sucesso com o blog!
    Bjs!
    Zilda Mara
    @ZildaPeixoto
    http://cacholaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Vi sua visita lá no meu blog, volte sempre lá!
    E sobre seu blog, sensacional! Muito bom!
    A resenha perfeita e que livro interessante.

    Lucas / Era uma vez...

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, ele parece ser muito bom.Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *